domingo, 15 de novembro de 2015

A MALDIÇÃO DE CÃO


A história começa com o dilúvio de Noé, Deus afogando todos os seres viventes da terra pois "a maldade do homem se multiplicara sobre a terra" e a terra estava "cheia de violência".
"Deus viu que a maldade do homem se havia multiplicado sobre a terra e que a imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente. Então arrependeu-se o Senhor de haver feito o homem". Gênesis 6:5-6.
"A terra está cheia da violência dos homens; eis que os farei perecer juntamente com a terra". Gênesis 6:11-13.
É interessante, e até um pouco surpreendente, que Deus não tenha mencionado a homossexualidade em sua razão para afogar todos. Foi apenas maldade geral, maus pensamentos e violência.
E ainda havia algum negócio engraçado acontecendo justo diante de Deus, no anuncio do dilúvio. Não tenho certeza do que fizeram com Ele, mas parecia incomodá-Lo.
"E sucedeu que, quando os homens começaram a se multiplicar sobre a terra, e nasceram-lhes filhas: Os filhos de Deus viram que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram. E disse o SENHOR: O meu Espírito não permanecerá para sempre no homem, porquanto ele é carne, porém os seus dias serão cento e vinte anos. Havia naqueles dias gigantes na terra; e também depois, quando os filhos de Deus entraram as filhas dos homens e delas geraram filhos, estes eram os valentes na antiguidade, homens poderosos". Gênesis 6:2-4.
Você entendeu tudo isso?
Os filhos de Deus impregnaram as filhas dos homens, produzindo "homens poderosos". Quando Deus viu tudo isso, disse para si mesmo: "Não vou mais lutar com os seres humanos, pois eles são carne. Então, vou limitar o tempo de vida deles para 120 anos". (Naquela época, a média de vida humana era de cerca 900 anos)¹. Em seguida, no verso seguinte, Ele decide afogar tudo na terra.
Então a união dos filhos de Deus com as filhas dos homens deve ter tido algo a ver com o dilúvio. Suponho que tenha incomodado muito a Deus ver seus filhos brincarem com as filhas dos homens (mulheres). Mas uma vez aprendemos que o sexo estranho nesse episódio é nitidamente heterossexual, passemos para o resto da história.
Após o dilúvio diminuir, Noé sacrificou alguns animais para Deus, plantou uma vinha, ficou bêbado e se deitou nu em sua tenda.
"E edificou Noé um altar ao SENHOR; e tomou de todo animal limpo e de toda ave limpa, e ofereceu holocausto sobre o altar. E o SENHOR sentiu um suave cheiro". Gênesis 8:20-21.
"E começou Noé a ser lavrador, e plantou uma vinha. E bebeu do vinho, e embriagou-se, e ficou descoberto dentro de sua tenda". Gênesis 9:20-21.
O filho de Noé, Cão, entrou na tenda e viu seu pai nessa condição, e falou sobre isso com seus irmãos.
"E Cão, pai de Canaã, viu a nudez de seu pai e disse a seus dois irmãos que estavam fora". Gênesis 9:22.
Os irmãos de Cão, Sem e Jafé, entraram na tenda e cobriram o pai nu sem olhar para ele.
"E Sem e Jafé tomaram uma capa, e puseram-na sobre ambos os seus ombros, e indo virados para trás, cobriram a nudez de seu pai, e os seus rostos estavam virados, de maneira que não viram a nudez de seu pai". Gênesis 9:23.
Quando Noé acordou, de alguma forma soube o que Cão tinha feito com ele, então amaldiçoou o filho de Cão, Canaã², e todos os seus descendentes para serem escravos dos escravos³.
"E despertou Noé de seu vinho, e soube o que seu filho mais novo tinha feito com ele. E disse: Maldito seja Canaã; servo dos servos seja aos seus irmãos". Gênesis 9:24-25.
Noé forneceu uma maldição (e ainda fornece) que serve de justificativa bíblica para a escravidão4. Mas o que isso tem a ver com a homossexualidade? Isso depende do que Cão fez a seu pai, Noé.
Se ele apenas olhou para a nudez de seu pai bêbado, então, sabemos que Deus não gosta que um filho veja seu pai nu, mesmo quando a culpa é de seu pai. Embora, se fosse o caso, a punição é mais do que excessiva, é psicótica.
Mas talvez tenha algo há mais que isso. Os capítulos 18 e 20 de Levítico são preenchidos com avisos sobre "descobrir a nudez" de seus parentes, incluindo pai5. E "descobrir a nudez" é muitas vezes mencionada na Bíblia para falar de intercurso sexual6.
Se é isso o que realmente significa, em Gênesis 9:22, Cão não viu apenas seu pai nu, ele teve relações sexuais com ele. O que, pelo menos, colocaria um pouco mais de sentido nessa maldição sem sentido. Gênesis 9:24-25.
E se essa for a interpretação correta da passagem, está bem difícil se saber o que fazer com tudo isso. Estupro homossexual de um pai por seu filho, em geral, não é a mesma coisa que uma relação sexual entre duas pessoas do mesmo sexo.
Existem também outras formas de interpretação para esse versículo. Cão pode ter ridicularizado ou se divertido ao ver seu pai nu; ele pode ter tocado ou acariciado os órgãos genitais de seu pai; pode ter castrado seu pai; ou mesmo pode não ter tido sexo com seu pai, mas com a mulher dele, já que de acordo com Levítico 18:8 e Deuteronômio 27:20 descobrir a nudez de sua mãe é equivalente a descobrir a nudez de seu pai. Esta última possibilidade pode explicar porque o filho de Cão, Canaã, foi amaldiçoado; talvez o quarto filho de Cão, Canaã, tenha sido resultado da relação sexual de Cão com sua mãe. Todas essas possibilidades foram sugeridas por Christian e comentaristas judeus7.
Os conservadores tendem a acreditar que Cão fez mais do que apenas olhar para seu pai, ele o estuprou8. E é a parte homossexual dele, não o estupro, que os incomodam mais (e a Deus). Deus pode ignorar um estupro aqui ou ali, contanto que seja heterossexual. É por isso que Ló ainda é considerado justo e reto9 mesmo depois de oferecer suas filhas virgens para serem estupradas10 e mais tarde ter sido estuprado por elas11. Mas quando um filho olha para seu pai nu ou tem algum tipo de sexo homossexual com ele, isso é mais do que Deus pode aguentar. A homossexualidade é uma abominação a Deus e o faz fazer coisas malucas, como destruir cidades inteiras no caso de Sodoma, ou amaldiçoar um neto inocente e todos os seus descendentes com a escravidão no caso de Cão.
Conservadores veem mais evidências para o estupro de Noé do para o tratamento da Bíblia sobre os descendentes de Canaã, os cananeus. O próximo capítulo de Gênesis diz que os Cananeus viveram na região de Sodoma e Gomorra.
"E a fronteira dos Cananeus foi Sidom, indo para Gerar, até Gaza; indo para Sodoma e Gomorra", Gênesis 10:19.
Veja o que Robert Gagnon explica no livro The Bible and Homosexual Practice:12.
É, com efeito, que o sangue cananeu seja incessantemente mal. Os cananeus tem propensão ao estupro homossexual sugerido por "J" em Gênesis 10:19, quando menciona o fato de que o território dos cananeus se propaga até ao sul de Sodoma e Gomorra... E a punição adequada eminentemente ao crime (lex talionis). Assim como Cão cometeu um ato hediondo com sua "semente" (esprema), também a maldição caiu sobre sua "semente" (filho e descendentes).
Se você tem dificuldades para seguir a lógica de Gagnon, não culpo você. Mesmo se aceitarmos a ideia de que Cão estuprou seu pai bêbado, há algumas perguntas que vem a mente:
  • Deus fez todos os cananeus "incessantemente maus"? São todos seus descendentes maus hoje? Será que eles ainda tem uma "propensão ao estupro homossexual"?
  • Se Cão estuprou Noé, por que Deus não puniu Cão?
  • Sendo que Canaã não teve nada a ver com o incidente entre Cão e Noé, como é que o castigo  é "eminentemente compatível ao crime"?
  • Como uma maldição é transmitida pela "semente" (sêmen)? Ainda está sendo transmitida "pela semente" hoje?
  • Como Noé soube o que aconteceu com ele na tenda? E como ele soube quem fez isso?
  • Cão teve quatro filhos, por que Deus escolheu seu quarto filho (Canaã) para punir13?
Raramente cristãos liberais mencionam essa passagem, mas quando o fazem, é com desgosto. Noé amaldiçoou o seu neto por alguma coisa (Deus sabe o que) que seu filho fez; uma tribo inteira (e talvez mais) impune. Aqui, por exemplo, é como Adrian Thatcher coloca em The Savage Text:
O neto de Noé, Canaã, e não o filho de Noé, Cão foi amaldiçoado. Esta é uma história moralmente atroz, uma dupla injustiça. Imagine um avô amaldiçoando seu neto por uma contravenção de seu pai (assumindo que houve uma). ...Onde neste texto cristãos construiram a justificação mais horrenda para o racismo e a escravidão14.


1. Aqui estão os tempos de vida relatados no capítulo anterior de Gênesis. (Média = 907,5 anos).
- E todos os dias que Adão viveu foram novecentos e trinta anos e morreu. Gênesis 5:5.
- E todos os dias de Sete foram novecentos e doze anos e morreu. Gênesis 5:8.
- E todos os dias de Enos foram novecentos e cinco anos e morreu. Gênesis 5:11.
- E todos os dias de Cainã foram novecentos e dez anos e morreu. Gênesis 5:14.
- E todos os dias de Maalalel foram oitocentos e noventa e cinco anos e morreu. Gênesis 5:17.
- E todos os dias de Jerede foram novecentos e sessenta e dois anos e morreu. Gênesis 5:20.
- E todos os dias de Matusalém foram novecentos e sessenta e nove anos e morreu. Gênesis 5:27.
- E todos os dias de Lameque foram setecentos e setenta e sete anos e morreu. Gênesis 5:31.

2. Uma das muitas coisas estranhas nessa estranha história é a pessoa que foi amaldiçoada. Foi Cão quem olhou, mas foi seu quarto filho, Canaã (e todos os seus descendentes), que foram amaldiçoados.
- Os filhos de Cão: Cuche, Mizraim, Pute e Cão. Gênesis 10:6.

3. "Slave" é traduzido como "servo" na Versão King James. Aqui em Gênesis 9:25 na Versão Internacional: "Maldito seja Canaã! O último dos escravos será ele a seus irmãos."

4. "Esta história bíblica (a maldição de Cão - Gênesis 9:18-25), foi a única grande justificação para a escravidão negra por mais de mil anos". David M. Goldenberg, The Curse of Ham, p. 1; Veja também Adrian Thatcher The Savage Text, pp. 41-42. 

5. "A nudez de teu pai... tu não descobrirás". Levítico 18:7.
- "E o homem que se deitar com a mulher de seu pai terá descoberto a nudez de seu pai; ambos certamente morrerão; o seu sangue será sobre eles". Levítico 20:11.

6. "Viu a nudez de seu pai possivelmente denota um ato sexual". Levítico 18:7. The HaperCollins Study Bible, nota para Gênesis 9:22, p. 16.

7. Para uma boa discussão dessas interpretações, consulte Jennifer Wright Knust, Unprotected Texts, pp. 127-131.

8. "Assim como é provável que o narrador tenha cobrado de Cão, o ato hediondo incestuoso de estupro homossexual do pai". Robert AJ Gagnon, The Bible and homosexual Practice, p. 68.

9. "Ló... era homem justo". II Pedro 2:7-8.

10. "Eis aqui, tenho duas filhas que ainda não conheceram varão; deixe-me, peço-vos, trazê-las para vós, e fazei vós com elas o que for bom a seus olhos". Gênesis 19:8.

11. Subiu Ló de Zoar e habitou no monte, e suas duas filhas com ele... e habitou em uma caverna, ele e suas duas filhas. E a primogênita disse a menor: Nosso pai já é velho, e não há homem na terra entre nós... Venha, vamos dar vinho a nosso pai, e estaremos com ele, para que conservemos a descendência de nosso pai. E elas fizeram seu pai beber vinho naquela noite; e, entrando a primogênita deitou-se com seu pai; e ele não percebeu que ela se deitou, nem quando se levantou. E sucedeu que, no dia seguinte, a primogênita disse a menor: Eis que eu assentei ontem a noite com meu pai; demo-los vinho a beber também esta noite; e então entras tu, deita-te com ele, para que conservemos a descendência de nosso pai. E elas fizeram seu pai beber vinho também aquela noite; e levantou-se a mais jovem e se deitou com ele, e não percebeu ele quando ela se deitou, nem quando se levantou. Assim, as filhas de Ló conceberam se seu pai". Gênesis 19:30-36.

12. Gagnon. The Bible and homosexual Practice, p.121.
- A referência de Gagnon para "J" nesta citação refere-se a "Hipótese Documental", que propõe que os primeiros cinco livros da Bíblia foram feitos de forma independente de várias fontes diferentes e, posteriormente, combinadas em um único documento. Uma dessas fontes é referida como "J" - a fonte Yahwista. Veja The HarperCollins Study Bible, pp. xx-xxi.

13. Uma possível explicação é que tanto a história de Ló e a da maldição de Canaã foram criadas para explicar o porquê que os cananeus eram tão maus e sexualmente desviantes, e, assim, justificar os seus maus tratos. A explicação que Cão teve relações com a esposa de Noé e que concebeu Canaã como prole se encaixaria bem melhor como hipótese. Veja nota 6.

14. Thatcher, The Savage Text, p. 41.

Fonte: skepticsannotatebible.