ISMAEL E ISAQUE: O QUE SARA VIU?


Sara (Chamada de 'Sarai' na época) foi a primeira de uma longa linhagem de mulheres estéreis que estavam desesperadas por um filho.¹ (Na Bíblia são sempre as mulheres que são estéreis, nunca os homens). Então, ela enviou Abraham (Abraão) à sua escrava Hagar, para que ela pudesse lhe dar 'filhos por meio dela'. Abraão fez como lhe foi dito.
"Ora Sarai, mulher de Abraão, não lhe dava filhos, e ele tinha uma serva egípcia, que se chamava Agar. E Sarai disse a Abraão: Eis que o Senhor tem me impedido de gerar, rogo-te ir até minha serva; pode ser que eu tenha filhos por ela. E ele conheceu Agar, e ela concebeu". Gênesis 16:1-4.
Logo Sara ficou com ciúmes de Agar, tratou-a tão mal que ela fugiu. Então, um anjo apareceu e disse a Agar para retornar para seu abusivo amante. Então ela voltou, e em meio a esta desarrumada situação familiar, Ismael nasceu.
"E maltratou-a Sarai, e ela fugiu de sua face. E o anjo do Senhor, achando-a... Disse-lhe... Torna-te para tua senhora, e humilha-te debaixo de suas mãos... E eis que terás um filho, ao qual porás o nome de Ismael". Gênesis 16:6-11.
Quatorze anos depois, Deus ajudou Sara engravidar, e Isaque nasceu². Então, um dia depois que Isaque foi desmamado, Sara viu o adolescente Ismael "zombando" de seu irmão mais novo.
"A criança (Isaque) cresceu e foi desmamado... E viu Sara que o filho de Agar, a egípcia, o qual tinha dado a Abraão, zombava". Gênesis 21:8-9.
A Bíblia não diz o que Ismael fez para o "simulado" de seu irmão, Isaque. Mas seja o que foi, perturbou tanto Sara que ela pediu que Abraão abandonasse Ismael e sua mãe Agar.
"Pelo que disse a Abraão: Deita fora esta serva e seu filho". Gênesis 21:10.
Algumas pessoas sugerem que a "zombaria" de Ismael para com seu irmão mais novo Isaque fosse de natureza sexual, observando que a mesma palavra (tzahak) usada para descrever o comportamento neste verso é usada em Gênesis 26:8 para descrever as carícias de Isaque com sua esposa Rebeca³.
"Abimeleque, rei dos filisteus, olhou por uma janela e viu, e eis que Isaque brincava com Rebeca, sua mulher". Gênesis 26:8.
Se assim for, isso pode explicar a hostilidade de Sara por Ismael. Mas o que quer que fosse, Deus concordou com Sara, dizendo que Abraão abandonasse Agar e Ismael. (Era o abuso sexual de um adolescente a uma criança).
"E disse Deus a Abraão... dá ouvidos a sua voz". Gênesis 21:12.
Talvez Deus tenha visto o que Sara viu.

"A Expulsão de Agar" Adrien van der Werfft.

1. Mulheres estéreis na Bíblia: Sara (Gênesis 16:1); Rebeca (Gênesis 25:21); Lia (Gênesis 29:31); Raquel (Gênesis 30:1); A esposa de Manoá, mãe de Sansão (Juízes 13:2); Ana, mãe de Samuel (I Samuel 1:5) e Isabel, mãe de João Batista (Lucas 1:7).

2. Abraão tinha 86 anos quando Ismael nasceu.
"E era Abraão de oitenta e seis anos quando Agar deu à luz Ismael". (Gênesis 16:16).
E tinha 100 anos quando Isaque nasceu.
"O Senhor visitou a Sara... e... fez a Sara como havia falado. Sara concebeu, e deu a Abraão um filho em sua velhice. E chamou Abraão o nome do filho que lhe nascera, Isaque... Ora, Abraão tinha cem anos de idade, quando seu filho Isaque nasceu". Gênesis 21:1-5.
Assim, de acordo com a história de Gênesis, Ismael era 14 anos mais velho que Isaque.

3. O verbo hebraico tzahak... pode significar "a rir com", bem como "a acariciar sexualmente", como acontece na história em que Isaque e Rebeca se acariciam um ao outro para gerar (Gênesis 26:8). Gerald Larue, Sex and the Bible, p. 99, Veja também Jonathan Kirsch, Moses, p. 48-51.

Fonte: dwindlinginunbelief.blogspot.com.