CARNE ESTRANHA: SERÁ QUE JUDAS CONDENA AS PESSOAS LGBT?

"Reservado em prisões eternas na escuridão para o juízo do grande dia" Judas 6.

Judas é um "livro" um pouco estranho e raramente lido e citado. Ele consiste de apenas 25 versos, dos quais três são bem interessantes no debate da homossexualidade.
"Mas quero lembrar-vos, no entanto, uma vez que vós soubestes tudo isso, que, havendo o Senhor salvado o povo da terra do Egito, destruiu depois os que não creram. E os anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, ele os tem reservado em prisões eternas na escuridão para o juízo do grande dia. Assim como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se entregue à fornicação como aqueles, e ido após outra carne, foram postas por exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno". Judas 5-7.

O pecado que Judas condena é a tentativa, ou mesmo a concretização, do desejo de sexo entre seres humanos e anjos. Ele não menciona ou condena os LGBT. Isso não é interessante? No entanto, muitos cristãos fundamentalistas tomam esses versículos fora de seu contexto para condenar a população LGBT. Afirmam (falsamente) que o v.7 é um ataque negativo a essas pessoas.
Isso é interessante porque Judas usa a palavra grega , heteros, (que significa diferente) a partir da qual origina a palavra em português, heterossexual, em vez da palavra grega, homoios, (que significa mesmo) da qual chegamos a nossa palavra em português, homossexual.
A escolha cuidadosa da palavra indica que o ponto em questão com Deus não é a homossexualidade. O pecado que Judas condena são os seres humanos que tentam ter relações com anjos. O pecado foi tentar ter sexo com alguém muito diferente, heteros.

O que significam esses versos?

O propósito de Judas é mostrar que Deus castiga os maus e salva os justos. Ele ilustra seu ponto citando três exemplos do Antigo Testamento:

1. Êxodo de Israel do Egito (v.5) - os justos judeus foram salvos; os egípcios malvados foram destruídos.

2. A Humanidade antes do Dilúvio de Noé (v.6) - A família justa de Noé foi salva; A humanidade perversa foi destruída e os anjos caídos foram presos, acorrentados no escuro à espera do julgamento de Deus.
"Havia gigantes na terra naqueles dias, e também depois, quando os filhos de Deus entraram às filhas dos homens e delas geraram filhos deles; estes eram os valentes que houve na antiguidade, os homens de fama. Então o Senhor viu que a maldade do homem era grande na terra, e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente". Gênesis 6:4-5. NVI.
3. Os Habitantes de Sodoma (v.7) - Ló, o justo e suas duas filhas foram salvas; os ímpios foram destruídos.

Três Pontos Importantes

I. Judas 7 liga fornicação a outra carne, não carne humana, portanto, no contexto Judas se refere aos anjos, e não aos homens e mulheres homossexuais ou bissexuais. E, a propósito, não é uma interpretação "queer". Muitos cristãos heterossexuais fundamentalistas ensinam a mesma coisa sobre essa passagem.
II. O ensino judaico no primeiro século dC. era de que as mulheres estavam tentando fazer sexo com os anjos caídos para que pudessem ter filhos sobrenaturais, como os gigantes de Gênesis 6:2-13, que eram produto do sexo entre mulheres terrenas e "os filhos de Deus" (anjos caídos).
Esses anjos caídos mudaram a ordem de sua natureza e tiveram relações com as filhas dos homens, Testamento de Naftali 3:3-5 (O sol a lua e as estrelas não alteram a sua ordem; Assim também vós não devem mudar a lei de Deus em desordem das suas ações. Unidos se extraviaram, e abandonaram o Senhor, e mudaram sua ordem, e seguiram pedras e estoques, seguindo depois a espíritos de erro. Mas vós não sejais assim, meus filhos, reconhecendo no firmamento, na terra e no mar, e em todas as coisas criadas, o Senhor que todas elas fez, para que não vos tornardes como Sodoma, que alterou a ordem de sua natureza, da mesma maneira também o testemunho. Alterou a ordem de sua natureza, a quem também o Senhor amaldiçoou a inundação, e por causa deles desolada a terra, que deveria ser desabitada e infrutífera). Na história de Sodoma, os homens de Sodoma tentam um estupro coletivo com os visitantes anjos.

III. De acordo com muitos cristãos fundamentalistas, os homens de Sodoma estavam "indo atrás de carne estranha", significa sexo homossexual, ou a tentativa de ter relações sexuais com alguém do mesmo sexo.
No entanto, quando consideramos o que a Bíblia realmente diz, tal interpretação é absurda, pois nunca é mencionada nem no Antigo ou Novo Testamento.
Quando os cristãos LGBT entram em desacordo com a ilógica, mas tradicional, interpretação, isso significa que estejam procurando um álibi para seu pecado? Ou muitos cristãos heterossexuais estão com sérios problemas ao concordar que Judas descreve "sexo com anjos"? Surpreendentemente, até mesmo um professor conservador e calvinista da Bíblia como John MacArthur rejeita a interpretação tradicional e concorda com os cristãos LGBT, que é uma questão de "sexo com anjos".


Dr. John MacArthur da
Igreja da Comunidade da Graça
Sun Valley, Califórnia, Judas 7
Pastor John MacArthur,
Professor de Bíblia.
O versículo 7 nos dá algumas pistas sobre as especificidades de sua iniquidade. "Assim como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas da mesma maneira, (estes anjos) se entregam à fornicação...". Seja o que for que esses anjos tenham feito, foi a mesma coisa que Sodoma e Gomorra fez, ou seja, cometendo fornicação: (v. 7b) "ido após outra carne". Os anjos são descritos no verso 6. Eles parecem ser um antecedente provável da palavra "se" no verso 7. Por isso, acredito que o verso 7 diz que os anjos estavam dando a si mesmos em prostituição. Então, o que esses anjos fizeram? Em primeiro lugar, eles não guardaram seu primeiro estado. Em segundo lugar, deixaram o lugar normal de sua natureza e designo que Deus exigia deles. Em terceiro lugar, entregaram-se a uma espécie bruta de mal sexual da mesma forma que fizeram Sodoma e Gomorra. Você lembra o que foi o pecado de Sodoma e Gomorra? Os homens dessas cidades cobiçaram os anjos que estavam hospedados na casa de Ló. Os anjos caídos no versículo 6 fazem a mesma coisa que Sodoma e Gomorra, exceto que no sentido inverso. Eles cobiçaram seres humanos. Eles entraram em uma terrível perversão sexual. A "estranha (grego Heteros=diferente) carne" era de uma natureza diferente da deles. Assim como os homens de Sodoma cobiçaram os anjos, os anjos (em Gênesis 6) cobiçaram carne humana e se prostituíram com mulheres humanas... O pecado dos sodomitas foi a cobiça de um tipo diferente de ser... dois visitantes angelicais que vieram visitar Sodoma e, finalmente, resgatar Ló. Os sodomitas tentaram se envolver em atividades homossexual com eles. Por essa razão, Deus julgou Sodoma e Gomorra e sua cidades irmãs, limpando-as para fora da terra. John MacArthur diz que seu pecado foi homens tentando fazer sexo com anjos.

Comentário Bíblico do Expositor
Comentários sobre Judas 7
"O segundo exemplo é dos anjos caídos. A referência mais provável aqui é a de anjos. ("Filhos de Deus", cf. Gn. 6:4; Jó 1:6, 2:1) vieram a terra e se misturaram com as mulheres. Esta interpretação está exposta no livro pseudográfico de Enoque (7:9; 8:10,11; 12:4), a partir do qual Judas cita no v.14, o que é comum na literatura inter testamental e nos pais da igreja primitiva (por exemplo, Justin Apology 2.5)...O terceiro exemplo é o julgamento das cidades da planície, Sodoma e Gomorra... Os fatores-chaves são "estes" toutois - masculino, referindo-se a "anjos" (v.6), não a cidades (feminino) e as palavras "carne diferente" (sarkos heteras). Assim, o pecado de Sodoma e Gomorra foi buscar a união com "carne diferente" de uma forma semelhante ao que os "filhos de Deus" fizeram (Gn. 6:2). (Anjos?). Quando eles se misturaram com "as filhas dos homens" (humanos).
The Expositor's Bible Commentary, Volume 12, Zondervan, Jude, p. 390, escrito por Dr. Edwin A. Blum, B.S., Bob Jones University, Th.M., Th.D., Seminário Teológico e Dallas, D. Teol., Universidade de Basel, Suíça.
Fundamentalista Robert Gagnon
Comentário sobre Judas
Dr. Robert Gagnon,
Seminário Teológico Pittsburg.
Aqui está a tradução pessoal do Dr. Gagnon de Judas 6-7: "6. Anjos, e também, aqueles que não tinham mantido sua própria esfera de influência (ou posição de autoridade, regra, estação, domínio; Archen), mas que tinham deixado para trás (ou deserto, abandonado) sua habitação, Ele próprio (ou seja, o Senhor) manteve até (ou para) o juízo do grande dia em prisões eternas sob (ou em) escuridão (ou seja, das regiões inferiores), 7. (apenas) como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, de uma forma semelhante a estes (ou da mesma forma como eles; ton homoion tropon toutois), cometeram (ekporneusasaia imoralidade sexual e seguiram "outra carne" (ou estranha carne/ estrangeiro, um outro tipo de carne, carne que não seja a sua, ou seja, carne angelical; kai apelthousai opiso sarkos heteras), estão diante de nós (ou são exibidas) como exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno". 
Dr. Gagnon diz sobre esta passagem:
"As duas ações (cometer imoralidade sexual e perseguir anjos) devem ser tratadas como relacionadas, mas distintas... Em seu desejo de ter relações sexuais com outros homens, os homens de Sodoma, inadvertidamente, colocaram-se em uma posição de sacrilégio de perseguir os anjos para terem relações sexuais com eles. "De igual maneira", os falsos crentes, a quem Judas combate, entram através de seu desejo de comportamento sexual imoral, em conflito com os guardiões angélicos da atual ordem mundial.
Judas vê as ações dos Sodomitas como parte semelhante das ações dos anjos rebeldes,, conhecidos como "os Watchers" (Testemunhas), encontrado em Gênesis 6:1-4 e em muitas literaturas judaicas do Segundo Templo (Note a expressão "de uma forma semelhante a estes [anjos]" no v.7). Judas também vê semelhanças entre essas duas ações e as ações dos falsos crentes que Judas critica em seu livro (note a palavra "semelhante" introdução do v.8).
...As ações dos Sodomitas em "cometer imoralidade sexual e ir após outra carne" semelhante as ações dos anjos rebeldes em copular com os seres humanos. 
_______________________________________
Dr. Gagnon acredita que Judas faça um comentário negativo sobre a homossexualidade, embora sua interpretação pareça tensa para mim, especialmente em vista de sua tradução e comentários acima.

The NET Bible
Comentário sobre Judas 
"Grego Carne Estranha". "Esta frase foi interpretada de maneiras variadas. Pode referir-se a carne de outra espécie (tais como anjos cobiçando carne humana). Esta poderia descrever o pecado dos anjos, mas não é fácil explicar o pecado de Sodoma e Gomorra. Pode consultar as práticas homossexuais dos sodomitas, mas uma dificuldade decorre do uso de ἕτερος (hetero, "estranho", "diferente"). Quando este está a ser distinguido de ἄλλος (allos, "outro"), ele sugere "um outro de um tipo diferente". Neste caso, teria que descrever adequadamente o comportamento sexual homo?
Em resposta, esse texto poderia facilmente ser compactado: "Perseguindo carne que não era o que estava normalmente em exercício". No entanto, esta se encontra numa analogia na luxúria dos anjos (isso implica que os anjos normalmente tem relações sexuais de algum tipo, mas confira Mateus 22:30).
Outra alternativa é que o foco do paralelo esteja sobre a atividade das cidades vizinhas e a atividade dos anjos. Isto é plausível uma vez que os particípios ἐκπορνεύσασαι (ekporneusasai, "tendo o espetáculo de imoralidade sexual") e  ἀπελθοῦσαι (apelqousai, "tendo prosseguido") têm concórdia com "cidades" (πόλεις, pólis), um substantivo plural feminino, ao invés de com Sodoma e Gomorra (ambos substantivos masculinos). Se for assim então o seu pecado não tem necessariamente que ser a homossexualidade.
No entanto, o mais provável é que os particípios femininos sejam usados por causa do uso do senso construto (construção de acordo com o sentido). Isto é, uma vez que Sodoma e Gomorra são cidades, o feminino é usado para implicar que todas as cidades estão envolvidas. A conexão com os anjos, portanto, parece ser um pouco solta: Ambos, os anjos e Sodoma e Gomorra são espetáculos de imoralidade sexual hedionda. Assim, a atividade homossexual não é o ponto como afirma os falsos mestres; a mera imoralidade sexual é suficiente para condená-los.
A NET Bible, um produto teologicamente conservador formada pelo Seminário Teológico de Dallas, de Judas 6 e 7.

Estudioso Gay, o falecido Bruce Gerig
Comentários sobre sexo com Anjos
"Alguns acreditam que a pequena carta de Judas condena os atos homossexuais, mas um exame mais minucioso lança dúvidas sobre isso. Judas escreveu para condenar certos enganadores que tinham invadido a igreja, negando o senhorio de Cristo e a introdução de má conduta sexual (v.4). Ele alerta, que, estes descrentes serão punidos como os anjos (= "filhos de Deus" em Gênesis 6:1-4), que deixaram seu posto celestial para experimentar o sexo com as mulheres humanas (Judas v. 5-6). Da mesma forma, diz Judas ("assim como"), "Sodoma e Gomorra e as cidades circunvizinhas... do mesmo modo agiram imoralmente e serviram de espetáculo e de luxúria antinatural (gr. Sarkos heteras)..." (v.7).
O grego aqui significa literalmente, ir atrás de "outra/carne diferente". Embora essa tenha sido por diversas vezes traduzida como "perversão" (NVI), "a luxúria antinatural" (Revised Standard RSV2), e "luxúria dos homens para outros homens" (Bíblia Viva), o que um olhar mais atento mostra que estas dificilmente podem ser traduções corretas.
Heteros é usado em outras partes do Novo Testamento para se referir a "outras" línguas (uma língua estrangeira ou celestial, Atos 2:4), um "diferente" Evangelho que Paulo ensinou (Gálatas 1:6), e "outra" glória (magnificência) que distingue as formas terrenas (por exemplo: montanhas, mares, áreas selvagens) do sol celestial, lua e estrelas (1 Coríntios 15:40).
Em contraste, dois gays compartilham "naturezas [que] são muito parecidas" (J. Chaine e J.N.D. Kelly) - Não "outra" ou "diferente", mas angelical seria muito diferente! Na verdade, há dois conectores gramaticais aqui ("assim como" e "da mesma maneira") que gravata o versículo 7 firmemente ao versículo 6 e exige que a "carne diferente" cobiçada em Sodoma seja semelhante a do erro dos anjos caídos em Gênesis 6. Ou seja, este refere-se à multidão em Sodoma querer ter sexo com os visitantes angelicais.
Dr. Robert Gagnon afirma que os homens de Sodoma não sabiam que os visitantes eram anjos - embora que o antigo autor judeu do Testamento de Asher (Aser) (7:1 - "Meus filhos! Não sigais o exemplo de Sodoma que se conspurcou diante dos anjos de YHWH, incorrendo assim na perdição eterna, Eu sei, com certeza. Havereis de pecar, caireis nas mãos dos vossos inimigos, vossa terra será devastada, vossos lugares santos serão arrasados. SEREIS DISPERSADOS PELOS QUATRO QUADRANTES DA TERRA") declare que eles deveriam saber.
Von Rad prevê que "os mensageiros celestiais (que vieram a Sodoma) eram homens jovens na flor da idade", cuja beleza teria naturalmente virado suas cabeças (dificilmente se pode imaginar que eles eram feios e asquerosos). Seja qual for o caso, a atenção dos sodomitas 'estava concentrada na coisa errada' - sobre a violência sexual, em de cuidar dos estranhos e necessitados.
Embora o texto de Judas seja um pouco vago, o que especificamente condenado aqui é uma certa "farra" que foi introduzida em "festas de amor" na igreja (v.12 refeições comunais da irmandade da igreja, que também incluía a partilha da Ceia do Senhor) Em uma passagem semelhante (e mesma situação) em 2 Pedro 2, o apóstolo também condena a farra na igreja, ligando-a especificamente com o "adultério" (heterossexual). (2:13-14).

Estudioso Anglicano JND Kelly
Comentários sobre Judas
"Sendo a alusão aqui, muitos têm interpretado cobiçou carne diferente (heteras sarkos) como significando "espetáculo de sodomia".
O grego no entanto, não suporta isso: simplesmente afirma que a carne que eles desejavam era diferente (esses anjos bons apareceram em forma humana, mas sua carne presumivelmente era de uma espécie diferente), enquanto que na homossexualidade, como J. Chaine (ad loc.) acertadamente observou, "as naturezas estão muito iguais". (p.259).
Ambos tinham feito seu pecado ainda mais terrível por cobiçar carne diferente - os anjos (em Gênesis 6), pois, sendo seres espirituais, cobiçaram mulheres mortais, e os sodomitas, embora sendo apenas seres humanos, procuraram ter relações sexuais com os anjos.
A Commentary on the Epistles of Peter and of Jude, JND Kelly (Estudioso Anglicano), Harper and Row: New York, 1969, p.258.

Metodista David Horrell
Comentário sobre Judas
"Como os anjos", "mergulhados em imoralidade sexual" (NVI) essas pessoas "foram atrás de outra carne" - e não carne humana. Esta última frase é uma tradução melhor e mais literal do grego do que o espetáculo de desejos não naturais, pois, como a conta em Gênesis 19:1-26 deixa nítido, que eram dois anjos com os quais os homens de Sodoma queriam ter relações sexuais.
É por isso que os dois exemplo nos versículos 6 e 7 são comparáveis para Judas, e por isso não pode ser a relação sexual homossexual que o autor tem em mente aqui: assim como os anjos deixaram seu devido lugar e mergulharam em imoralidade sexual com os seres humanos, do mesmo modo os homens de Sodoma procuraram violar a ordem correta na criação para ter relações sexuais com os anjos.
The Epistles of Peter and Jude, David Horrell, Epworth Press: Peterborough, 1998, p.121.

Fred Craddock
Comentários sobre Judas
Judas, por Sir Anthony Van Dyck
"A terceira e última lição adverte contra a imoralidade sexual, um aviso sobre o clássico desenho de Sodoma e Gomorra (Gênesis 19). Os homens de Sodoma e Gomorra "perseguiram uma luxúria antinatural" ("perseguindo outra carne", v.7) que envolveu mais do que homossexualidade. Eles desejavam sexo com seres sobrenaturais que visitaram Ló, para Judas, o que aconteceu entre anjos e seres humanos em Gênesis 19, que acabou em fogo, era semelhante ao que aconteceu entre anjos e seres humanos em Gênesis 6:1-4. que acabou em um dilúvio.
Que os intrusos da igreja tinham alguma fascinação doentia por seres angelicais (v.8-9) não deve ter passado despercebido, embora que a causa e expressões do relacionamento não seja muito nítida para nós. É evidente no versículo 8 que estes desreguladores são tão arrogantes quanto blasfemar os servos angélicos de Deus que trazem sua mensagem e executam os seus julgamentos. Em outras palavras, eles estão em total rebelião contra o céu.
"Mas os versículos 6-7, pelo menos, implica uma conexão ou uma conexão desejada entre os desordeiros e os seres sobrenaturais por meio de relações sexuais".
First and Second Peter and Jude, Fred Craddock, Westminster John Knox Pree: Louisville, 1995, p.139.

Richard Bauckham
Comentários sobre Judas
"que praticava imoralidade, da mesma forma que os anjos sentiram um forte desejo de carne estranha". A segunda cláusula explica a primeira. Como os anjos caíram por causa de seu desejo para com as mulheres, do mesmo modo os sodomitas desejaram ter relações sexuais com os anjos. A referência ao incidente em Gênesis 19:4-11.
Sarkos heteras "carne estranha", não pode, como muitos comentaristas assumem na maioria das traduções, referir-se a pratica homossexual, em que a carne não é "diferente" (heteras); isso deve significar, carne de anjos... Os dois casos são igualmente reunidos em T. Naphat 3:4-5".
Richard Bauckham, Jude, 2 Peter, Word Books: Waco, 1983, p. 54.

Michael Green de InterVarsity
Comentários sobre Judas
"Os homens de Sodoma e Gomorra envolvidos na homossexualidade: que não era natural. Mas Judas pode significar que, assim como os anjos caíram por causa de seu desejo para com as mulheres, do mesmo modo os sodomitas caíram por causa de seu desejo de anjos. (Sarkos Heteras de fato!).
Michael Green, The second Epistle General of Peter and the General Epistle of Jude, Inter-Varsity Press: Leicestar, 1987, p.180.

CEB Cranfield
Comentários sobre Judas
"Mas é mais provável que a referência seja ao fato de que, como os anjos caídos tinham procurado a relação com os seres humanos, por isso, os homens de Sodoma procuraram a relação com os anjos (the two angels na p. 160: Lot's House). Esta interpretação é confirmada pela seguinte cláusula, ido após outra carne, ou seja, que pertencia a uma ordem diferente de seu ser. Para interpretar "estranha" como referindo-se a falta de naturalidade na relação sexual com o mesmo sexo é quase impossível".
CEB Cranfield, I and II Peter and Jude, SCM Press: Londres, 1960, p. 159.
Richard Hays
Comentários sobre Judas
Dr. Richard Hays, Duke Divinity School,
Estudioso do Novo Testamento.
"A frase foi após outra carne (apelQousai opisw sarkos heteras) refere-se a busca do não-humano (ou seja: angelical!). Carne "heteras". A expressão sarkos significa "carne de outro tipo". Assim, é impossível interpretar essa passagem como uma condenação ao desejo homossexual, o que implica precisamente a prossecução do mesmo tipo".
Richard Hays, The Moral Vision of the New Testament, Haper: São Francisco, 1996, p.404.
Dr, Hays acredita que todas as relações homossexuais são intimas e pecaminosas, o que torna sua conclusão sobre Judas 7 ainda mais interessante.

Nossa Honesta Conclusão
O pecado de Sodoma não foi homens violarem outros homens, mas homens tentarem violar anjos.
Sodoma e Gomorra cometeram o pecado de iniquidade e rebelião contra Deus, não o sexo homossexual, não o sexo bissexual, não o sexo lésbico e não o sexo trans. Judas faz referência a Sodoma e Gomorra em relação aos anjos, Judas 6, que se rebelaram contra Deus e aos céus, "deixaram o seu principado". Esses anjos caídos tiveram relações sexuais com mulheres terrenas e os descendentes produzidos foram parte humana e parte anjos caídos.
Judas 7 revela que a questão em Sodoma e Gomorra não era o sexo homossexual, que não produz filhos, mas o estilo de sexo heterossexual (especificamente a tentativa de estupro) entre homens e anjos.
Quando Judas diz: "ido após outra carne", ele está se referindo ao sexo entre humanos e anjos, não ao sexo homossexual entre humanos não comprometidos, fiéis pessoas do mesmo sexo. Como demonstrado acima, muitos teólogos, incluindo muitos cristãos fundamentalistas, compreendem a passagem desta maneira.
Agora que você viu os fatos, esta disposto a mudar sua mente?
Fonte: www.gaychristian101.com.