quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

FOGO ESTRANHO PERANTE O SENHOR


Durante o Êxodo, Moisés levou setenta anciãos ao topo de uma montanha para ver Deus, juntamente com Arão e seus dois filhos, Nadabe e Abiú.
"Então subiram Moisés e Arão, Nadabe e Abiú, e setenta dos anciãos de Israel. E viram o Deus de Israel, e havia debaixo de seus pés como se fosse uma calçada de pedras de safira, que se parecia com o céu em sua claridade. Porém não estendeu a mão sobre os escolhidos dos filhos de Israel, mas viram a Deus, comeram e beberam". Êxodo 24:9-11.
Pouco é dito sobre Nadabe e Abiú até Levítico 10, onde Deus queima-os até a morte por oferecer "fogo estranho perante o Senhor".
"E os filhos de Arão, Nadabe e Abiú, tomaram cada um o seu incensário e puseram neles fogo, e colocaram incenso sobre ele, e ofereceram fogo estranho perante o Senhor, o que não lhes ordenara. Então saiu fogo diante do Senhor e os consumiu; e morreram perante o Senhor". Levítico 10:1-2.
A Bíblia não nos dá nenhuma pista sobre o que este "fogo estranho" poderia ter sido, mas Howard Eilberg-Schwartz sugere em God's Phallus (pp. 189-193) que era algum tipo de ofensa sexual contra Deus - ou não desviar o seu olhar durante a visualização da nudez de Deus, ou fazer algum tipo de avanço sexual, ou expor sua nudez a Deus, ou fazer algum tipo de avanço sexual para Deus.
Tipo colocar algo estranho no "fogo estranho", não é?

Fonte: dwindlinginunbelief.blogspot.com.