quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Casamento não tem idade

Uma pesquisa do site Mr. & Mr.,  percebeu uma coisa interessante: grande parte das pessoas LGBT que se casam já estão na terceira idade. Curioso, né? Mas a explicação é simples diz o site: esses casais já viviam juntos e se consideravam casados há muitos anos, mas só agora estão tendo a oportunidade de oficializar a união, já que o casamento homossexual não era permitido até pouco tempo atrás (e ainda não é na maioria dos países).
Essas histórias são ainda mais bonitas que as histórias de amor que estamos acostumados, pois, além de terem que vencer todas as dificuldades que qualquer casamento já enfrente, esses casais ainda tiveram que enfrentar o preconceito durante anos e em tempos muito mais difíceis do que os que estamos vivendo.
Por isso, o post de hoje é dedicado àqueles que estão desanimados com a vida e com o amor. Inspirar-se nesses exemplos pode ser uma boa maneira de levantar o seu astral!
Foto: reprodução
Foto: reprodução
A emoção de Paul Harris e seu marido, que puderam oficializar a união após 39 anos juntos.
Foto: Reuters
Foto: Reuters
Foto: Reuters
Foto: Reuters
Phyllis Siegel, 77, e Connie Kopelov, 85 anos, foram as primeiras homossexuais a se casarem em Nova York. Elas viviam juntas há 23 anos.
Foto: Getty Images
Foto: Getty Images
Phillipe, de 72 anos, e Byron, 86, puderam realizar o sonho de se casarem após um relacionamento de 51 anos.
John e Gerad: casamento de veteranos.
Mais uma história incrível que a gente tem o maior prazer de contar aqui: dois militares norte-americanos, veteranos de guerra, casaram-se em uma casa que abriga ex-combatentes, em Chula Vista, Califórnia. O casal é composto por John Banvard, de 95 anos, veterano da Segunda Guerra Mundial, e Gerard Nadeau, de 67, que esteve na Guerra do Vietnã.
John Banvard, 95, e Gerard Nadeau, 67 anos, se casaram em Chula Vista, Califórnia. Foto: B. Lawrence/10News
John Banvard, 95, e Gerard Nadeau, 67 anos, se casaram em Chula Vista, Califórnia. Foto: B. Lawrence/10News
Eles contaram que queriam que a cerimônia fosse realizada entre amigos e, por isso, decidiram fazê-la na Casa de Veteranos, onde vivem há três anos. A decisão de casar veio quando a Suprema Corte dos Estados Unidos derrubou, em junho deste ano, a lei que não reconhecia o matrimônio entre duas pessoas do mesmo sexo.
A cerimônia foi simples e contou com a presença dos amigos do casal que também vivem na Casa de Veteranos. Foi a primeira vez que a casa sediou um casamento gay e o acontecimento não foi bem recebido por todos os moradores, mas contou com o apoio da maioria. Um deles observou: “O mundo está mudando, temos que mudar junto com ele”.
Agora vamos lá ser felizes?