terça-feira, 19 de novembro de 2013

Tshepo & Thoba Sithole-Modisane: casamento tradicional zulu

Essa história é incrível: Thoba e Tshepo foram os primeiros homossexuais pertencentes ao grupo étnico zulu a terem um casamento tradicional. A etnia zulu é a maior da África do Sul, corresponde a 22% da população do país, e ainda segue costumes muito rígidos, que vêm desde o século XVIII.
Apesar de a África do Sul ser um dos países mais avançados no que diz respeito aos direitos dos gays (o casamento entre pessoas do mesmo sexo é legal desde 2006), os zulus não aceitam o relacionamento homossexual. Ainda assim, Thoba e Tshepo decidiram enfrentar o seu povo e fazer uma cerimônia de casamento seguindo as suas tradições.
O dois, ambos com 27 anos e após três anos de relacionamento, casaram-se em abril deste ano, com direito a vestimentas e danças típicas, sacrifício de um boi, troca de presentes entre as famílias e um beijaço no final – tudo como manda a tradição zulu. Agora o casal pretende ter um filho através de uma barriga de aluguel. Tshepo disse que eles são tão abençoados por terem famílias que os apoiam e se preocupam com eles, que essa é uma das razões pelas quais eles querem ter um filho.
Thopa-Tshepo-Wedding-day-misteremister-01
Tshepo Modisane and Thoba Sithole exchanging rings. Picture by Aex Mkhize.
Os próximos passos desta linda história de amor podem ser acompanhados pela página no Facebook e peloblog  Tshepo & Thoba Sithole-Modisane Journey of Love. E a nossa torcida, claro, é para que a história dos dois siga feliz até o final.
Veja o vídeo da cerimônia de casamento de Thoba e Tshepo: