Série de TV revive o caso brutal de Daniel Zamudio

ÁFRICA

Na próxima semana a segunda temporada da série da TVN, mostra o conflito estudantil chegar ao fim.


O penúltimo capítulo da série "substituição" traz à mente o espancamento brutal que sofreu em março 2012 o jovem homossexual Daniel Zamudio. Um grupo de jovens no Parque San Borja bateram sem parar em "Gerardo" (Rafael de la Reguera) e "Victor" (Eloy Ramon), seu companheiro de curso peruano.
Embora este ataque tenha assunto racial e não homofóbico, "Victor" - como Daniel na vida real - estava deitado no chão, todo ensanguentado.
Marca nazista no corpo do "Victor", após a surra.  Foto: cortesia da TVN.
Marca nazista no corpo do "Victor", após a surra.
Foto: cortesia da TVN.
O episódio causou grande apoio nas redes sociais e uma audiência, com média de 10,1 pontos entre 23:00  às 23:50 horas, correndo em sétimo lugar nos programas mais vistos do dia de acordo com o Tempo ibope.
Na quarta-feira, 1 Janeiro o segundo ciclo de "A substituição" chega ao fim, mostrando o resultado de "Victor" e o futuro de "Gerardo" e outros membros da "Escola Príncipe Charles".