"Superei o preconceito com a educação": Travesti doutora toma posse em Universidade do Ceará

"Superei o preconceito com a educação": Travesti doutora toma posse em Universidade do Ceará


"Superei o preconceito com a educação": Travesti doutora toma posse em Universidade do Ceará
Luma Nogueira de Andrade é considerada a primeira travesti doutora do país a tomar posse em uma instituição de ensino no Ceará.

O feito aconteceu nesta semana e tornou Luma professora efetiva da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), do município de Redenção. Luma, que já trabalhava como concursada da rede estadual, concluiu o doutorado pela Universidade Federal do Ceará em 2012.

Filha de pais agricultores, a travesti conta que foi através da educação que conseguiu enfrentar o preconceito.

"Busquei na educação formas de superar as dificuldades financeiras, sociais e, principalmente o preconceito por ser travesti. Hoje é um dia de vitórias, conquistas e superação. É um momento simbólico de libertação e respeito aos direitos humanos. É um marco para o movimento LGBT. Assim como os negros são discriminados, nós também sofremos discriminação social”, declarou Luma.

A professora doutora espera continuar contribuindo dentro da sala de aula com o respeito às diferenças. “Como educadora, espero preparar os estudantes para lidar com as diferenças, principalmente no que diz respeito ao mundo do trabalho”, concluiu Luma Andrade.