Dois gays são escolhidos como líderes de Luxemburgo

Luxemburgo tem, desde a quarta-feira, 04, dois homens assumidamente gays comandando o país. Xavier Bettel foi empossado como primeiro-ministro para chefiar um governo de coalizão com os partidos Verde e Socialista.

Etienne Schneider, chefe do Partido Socialista, foi nomeado como seu vice-primeiro ministro. Apesar disso, o grão-ducado ainda não permite o casamento gay, como suas vizinhas Bélgica e França.
Mas a união homo não deve demorar. “Eu não acho que vai ser nos próximos cinco anos. Será no próximo ano”, disse Bettel.
O novo primeiro-ministro também pretende substituir os ensinamentos da Bíblia nas escolas por aulas de ética sem religião.